sábado, 10 de março de 2007

VAI CHEGAR A PRIMAVERA





EM CADA PRIMAVERA

Um doce sonhar
Um difícil esperar
Um triste querer
Uma vontade de amar.

Um descanso no jardim
Um olhar no horizonte
Uma saudade que insiste
Um amor não sei onde.

Um desejo que fica
Pensamentos que voam
Uma solidão que se instala
Um amor que cala.

Uma alma que espera
Um coração que se aperta
Se enche de esperança
Em cada primavera...

Carolina Salsides


Com o entrar da nova estação, gostaria que os vossos corações aquecessem como o tempo, crescessem como os dias e cantassem como os passarinhos. Temos tudo para ser felizes, amigos, saúde, paz de espiríto, alegria e sobretudo vontade de viver. Um kiss grande da vossa amiga de todas as estações, PAULITA.

89 comentários:

CATARINA disse...

QUANDO TORNAR A VIR A PRIMAVERA


Talvez já não me encontre no mundo.
Gostava agora de poder julgar que a Primavera é gente
Para poder supor que ela choraria,
Vendo que perdera o seu único amigo.
Mas a Primavera nem sequer é uma coisa:
É uma maneira de dizer.
Nem mesmo as flores tornam, ou as folhas verdes.
Há novas flores, novas folhas verdes.
Há outros dias suaves.
Nada torna, nada se repete, porque tudo é real.

MAVILDE disse...

AS FLORES DA PRIMAVERA!
Neste entardecer tão belo...
Entre todas as flores...
Existe uma rosa amarela...
Que vem ressurgindo...
Com a primavera...

Trazendo consigo...
Seu delicado perfume...
Assim como esperanças...
E oportunidades...
Para novas amizades...

A primavera é tão bela...
Porque traz com ela...
Todas as flores e aromas...
Revitalizando a inquietude...
De todos os corações...

As rosas colorem o amor...
As vermelhas exalam paixão...
As amarelas trazem magia e a sedução...
As brancas com sua brandura...
Trazem paz para os corações...

BEIJOS.

MILÚ ALMEIDA disse...

LÍRIOS BRANCOS

Nesta manhã chuvosa
de Março,
olho estes lírios brancos
majestosamente erguidos.
É domingo
e oiço "Música na estrada"
e medito nas estradas
que se cruzam
no meu "caminho".
Contemplo a chuva
e o céu,
cinzento na totalidade.
Cheguei há pouco da missa.
Fiz bem ir à missa
embora me custasse o levantar.
O dia é triste, baço,
mas tem magia.
Oiço pássaros chilreando.
É um indício de Primavera,
um prenúncio de Inverno findo.
Talvez que um dia
perdida no tempo
esta manhã de Março,
eu recorde com saudade:
esta chuva miúda
este campo ensopado
e estes lírios brancos
com sua majestade.


Chegada da Primavera para breve.

MOISÉS SALGADO disse...

UM CANTO NA PRIMAVERA

Uma andorinha poisou
No beiral da minha janela
Fiquei feliz a olhar para ela
Pois com o seu chilrear aportou
A magia da Primavera.
Nesse entardecer radioso
Em que o ameno azul luminoso
Exalava os perfumes da terra
Senti um desejo imenso
De à desgarrada cantar
Com o rouxinol engraçado
Que no galho da árvore frondosa
Me desafiava afinado
Relembrando-me a estação ditosa.
Descobri nessa acalmia da tarde
Que ao se privar de liberdade
As asas da imaginação
Escraviza-se a felicidade
De exprimir com originalidade
A vida em evolução.

LUIGI disse...

ESTAÇÃO PRIMAVERA!!!
21 de Março, início da Primavera,
E quem sabe de uma grande amizade.
Feliz é quem no amor persevera,
Trazendo-o da fantasia para a realidade.

Um grupo de seres desconhecidos,
Nem sabiam de suas existências,
Viram-se em torno de uma mesa reunidos,
Falando de poesia e suas preferências.

É lógico que nos leva a fazer reflexão!
Tem este instânte, do POETA MAIOR interferência?
Haverá um motivo, uma real razão,
Não podemos considerá-lo uma simples coincidência!?

Mistérios indecifráveis existem em torno de nós!
Senhor abençoe os que aqui estão e os que não puderam vir,
Dai-nos a Graça do que escrevermos seja ditado por Vós
E envolva-nos de Vossa força para que no erro não venhamos persistir.

Permita Senhor que semente aqui lançada de fruto de bom sabor!
E que ao sair daqui fortalecidos, e comungado os mesmos ideais,
Formemos com nossas mãos entrelaçadas um a corrente de amor,
Abençoada por Vós, que se torne tão forte, que quebrar, jamais!


VIVA A PRIMAVERA

QUIM disse...

PRIMAVERA


a primavera é como um presente merecido. Recompensa. Gosto da comparação das fases da vida com as estações do ano. E a primavera é como o renascimento depois de épocas adversas. Quando a gente não esta bem, parece as arvores no inverno. Aparência morta. Nenhuma folha. Mas estamos vivas. E de repente a temperatura muda, e tudo se transforma num colorido enebriante. A gente não se cansa de falar disso nas primeiras paisagens primaveris. Do mesmo jeito que o frio dói na alma, o calor suaviza o coração. E as cores da primavera fazem desabrochar sorrisos adormecidos.

Que te ponhas boa num instânte. Beijinhos.

CARLOS disse...

CANÇÃO PRIMAVERIL

Anda no ar a excitação
de seios súbito exibidos
à torva luz de um alçapão,
por onde os corpos rolarão,
mordidos!


Ou é um deus, oi foi a Morte
que nos vestiu este torpor;
e a Primavera é um chicote,
abrindo as veias e o decote
ao meu amor!


Esqueço que os dedos têm ossos
é só de sangue esta caricia;
apenas nervos os pescoços...
Mas nos teus olhos, nos meus olhos,
a luz da morte brilha.


David Mourão Ferreira

EDU disse...

Flores das silvas

Flores das silvas, são flores que nos dão amoras bravas das silvas que nos matam a fome e a sede e, quando colhidas na devida oportunidade, podem ser consideradas um manjar.

Há um ano, no tempo das amoras, encontrei um homem a apanhar amoras de silvas, junto ao Hospital Amadora-Sintra. Perguntei-lhe porque apanhava as amoras e ele disse-me que eram para comer. Que esteve emigrado em França e que sempre que podia, matava saudades das amoras das silvas que sempre havia fartura pelos nossos campos.

Nos dias de folga, nos tempos das amoras ele palmilhava os campos de França para matar saudades das amoras dos seus tempos de juventude. As pessoas suas amigas achavam que ele exagerava em palmilhar terrenos para arranjar amoras, mas ele nunca estava só. Os franceses também gostavam!

E ele ficou a saber que as suas saudades das amoras das silvas eram semelhantes às minhas. Hoje vejo as silvas iniciar o seu crescimento, vejo as flores nascerem e crescerem e amanhã, bem próximo, verei as amoras verdes, depois pintarem, ficarem vermelhas e tornarem-se negras! Talvez dê uma dentada numa ou noutra, mas a minha vontade já não é a mesma de antigamente.

Mas gosto de ver que as silva sobrevivem. Por vezes até demais.

Ah! Como podem ver, estas flores são flores de Primavera, mas passam como nós, pelo Inverno.



Para homenagear a Primavera e o teu nome PAULITA SILVA. AH, AH, AH uma graçinha.

SUSANA disse...

Olá primavera-2007.03.21
Em nome do Ventor e de todos os gatos, eu saúdo a tua chegada!

A Primavera é a renovação da vida. Neste caminhar do nosso planeta, vamos encontrar um ponto no nosso Universo que se chama equinócio de Março. Esse ponto é a passagem do sol pelo Equador, abandonando o Hemisfério Sul e passando para o Hemisfério Norte. Nesse preciso momento começa a Primavera, a estação do ano a que costuma chamar-se, a estação das flores.

Mas se notarem bem as flores nunca acabam! Quando a Primavera chega, podemos verificar que ela é brindada com um mundo florido trabalhado pelo seu irmão Inverno. O Inverno, seu irmão mais velho, estende-lhe um tapete de flores antes de morrer para que a sua maninha nova caminhe sobre ele feliz e divertida.

O Inverno presenteia a Primavera com flores lindas. Ele cria as mais belas flores selvagens para oferecer à sua irmã. Quando ela aparece já os montes estão amarelos, azuis, vermelhos, brancos. Já os pomares estão multicoloridos com as flores dos pessegueiros (com a cor do amor), das ameixieiras, dos abrunheiros.

Já os carvalhos estão floridos e começam a vestir faustosos fatos verdes para nos agradarem.

Já as pessoas começam a observar melhor a caminhada das flores e, entretanto, a Primavera corre por entre elas, com o seu diadema florido em redor da cabeça a desafiar o Ventor para novas cavalgadas. Tudo se renova, até o espírito de homens e gatos.

As aves migradoras trazem alegria nas suas caminhadas, infelizmente, este ano, são olhadas de soslaio por poderem carregar com elas. Mas continuam a ser lindas. Elas tal como as andorinhas, as cegonhas e outras, vêm para casa renovar a vida, caminhando no cheiro das flores.
Mas que melhor vida queremos que assistirmos à Primavera a correr descalça, a nossa lado, mostrando-nos todos os seus tributos?

Olhem o nosso amigo Apolo, caminhem e sorriam.

BENEDITA disse...

MUITAS MAIS FLORES

Nesta primeira parte de Inverno de 2007, tenho continuado a caminhar entre as flores.

Brancas, bravas e lindas como estes malmequeres.
Rosas belas, no meio das quais persistem memórias da minha saudade.
E amarelas como as azedas que se espalham por entre matos e, apesar de amarelinhas, o seu sorriso para mim, é sempre azul.
Deixo estas belezas naturais e selvagens a todos aqueles que possam ir apreciar todas elas, recordando-lhes a beleza que nos rodeia e que muitos de nós não sabemos apreciar.

JOÃO PAULO disse...

Lá se vai o Inverno!

Para mim, o Inverno 2006-2007 foi muito especial. Pela primeira vez me dediquei às minhas flores que nascem e sobrevivem aos rigores do Inverno. Devo isto ao meu gato. Ele gosta muito de ervas e eu vou buscá-las onde as houver!
Flores sem nome - para mim!
Para apanhar ervas, tive de caminhar por pedaços de terrenos bravios e, ao procurar as ervas ia tropeçando em belas flores selvagens. Pela visão das flores selvagens passei a olhar melhor os jardins e cheguei à conclusão que as flores nunca acabam! No ano, os ciclos seguem-se e às flores que nascem na Primavera e continuam pelo Verão seguem-se as flores novas que aparecem pelo Outono e continuam pelo Inverno fora. Durante este inverno reparei em algo que não me apercebia. Houve sempre flores, houve sempre borboletas, houve sempre joaninhas, houve sempre abelhas, houve sempre bichinhos de conta. Isto só para falar de pontos estratégicos da faina da vida ... Temos um clima de privilégio. Vamos ver por quanto tempo mais seremos merecedores dele.
Agora que me despeço do Inverno rigoroso que tivemos, e que vou dar as boas vindas à nova Primavera, continuarei a colocar flores no meu Jardim. As flores velhas que ainda vão existindo e as flores novas que ainda vêm a caminho.
Quero tirar umas fotos a flores de pessegueiro, de macieira, de pereira, de ameixieira e mais coisas que me farão recordar os meus tempos de criança. Por isso, as minhas flores continuarão a ser o meu contacto com todos vocês. Caminharei por aqui, lentamente, conforme a vida mo permita e irei dizendo olá, a todo este pessoal em especial á PAULITA, grande amiga do peito, assim como a todos que tenham o prazer de me ir acompanhando de vez em quando.
Vamos dar mais um passo. No passo anterior fica o Inverno. Ele vai deixar os seus lindos despojos para embelezar a Primavera que apanhamos no passo seguinte. O Inverno deixa-me saudades, porque nos seus últimos dias eu procurei ficar com ele na minha retina. O Inverno e a Primavera deram as mãos, fizeram um desquite e continuam a sua corrida de estafetas. O Inverno passou à Primavera os despojos das suas lindas flores e a Primavera, toda encantada, agradece ao seu irmão a possibilidade que tem de exibir a sua obra. O Inverno deixou os campos todos floridos e a primavera fica a fazer as contas do que recebeu e a preparar a sua caminhada. Vamos, pois, caminhar com ela e ver como ela vai tratar os despojos lindos que o seu irmão lhe deixou.
Vou tentar caminhar no azul! Quer os adeptos do vermelho e do verde queiram, quer não!

JOÃO PAULO disse...

Flores lindas


São lindas mas não as alcanço. A flor do pessegueiro é das minhas flores preferidas. Mas este pessegueiro é uma amostra dos pessegueiros que eu conheci outrora. Porém ele serviu para me dizer que com menores ou maiores dificuldades continuam a embelezar o mundo.
Permanecem de pé contra a agressão poluidora que os rodeia. Encontrei dois pessegueiros a fazer, pst! pst! ... numa rua de Massamá. Olhei para ele e apenas me perguntou: "QUANDO CHEGA A PRIMAVERA".

ROSA disse...

A CHUVA

Nos dias de chuva, é uma alegria!
Brinco com o meu irmão dentro de casa, os poços vão-se enchendo, temos mais água e escusa-se de regar as plantas.
À noite quando vou dormir olho para a janela.
De manhã, admiro os poços cheios de água, as flores vão crescendo e enquanto continua a chover, bebo um leite quente e como umas torradas.
Quando pára de chover brinco na rua, ando na bicicleta e jogo à bola.
A terra transformou-se em lama, as árvores pingam e a erva está toda húmida.
Gosto muito dos dias de chuva mas agora CHEGOU A PRIMAVERA!!

BELINHA disse...

A Primavera

Hoje é um dia importante.
Chegou a Primavera,
a prima das flores…
E todas se vestiram de novo
para a receber.
E ela ficou tão contente!
Sorriu para as aves
e encheu-se de flores.
Sorriu para os meninos
e encheu-se de alegria.
E os meninos
vestiram-se de malmequer,
voaram com as borboletas,
cantaram com os rouxinóis
e, juntos de mãos dadas
levaram a Primavera
a todas as coisas.


PAULITA sou a Catarina e também quis escrever aqui acerca da Primavera, pedi á mãe e ela disse que podia. Um grande beijinho para ti.

SARA disse...

A PRIMAVERA

Primavera é a estação mais alegre porque parece uma árvore com flores a nascer.A Primavera é o tempo das andorinhas voltarem para cá, para fazer os seus ninhos nos beirais, e também é tempo de todos os passarinhos da terra fazerem ninhos novos. É o tempo de nascerem passarinhos sem penas nos ninhos fofos.Os gatos brincarem ao sol com os filhos pequeninos nos quintais. É o tempo de brincar nos passeios e nos jardins depois das aulas porque ainda é dia. A Primavera é o tempo das cerejas e das nêsperas das amêndoas e da Páscoa. Os padrinhos oferecem as amêndoas e ovos de chocolate aos afilhados. A Primavera é o tempo bom dos meninos das barracas que tiveram muito frio no Inverno. A Primavera é o tempo das glicínias, das flores amarelas e das papoilas nascerem nos campos. É tempo dos agricultores semearem o milho, plantarem as batatas e as couves. Colocam os espantalhos no meio das terras para afastarem a passarada. As pessoas começam a vestir roupas mais leves e os dias começam a crescer. A estação mais colorida para mim é a Primavera.

LUISA disse...

Quando a primavera chegar

QUANDO a Primavera chegar, eu olharei as rosas,
mas os meus olhos estarão nubelados
pelos grilhões do Inverno passado.
Minha mente estará demasiadamente sombria
para receber a claridade do novo sol.
Minha alma estará triste e dolorida
da última noite passada.
NÃO me lembrarei que a nova estação em flores
estará nascendo.
Recordarei as noites de insônia,
os homens nas prisões padecendo.
QUANDO o dia voltar, eu direi dessas noites
de iniquidades .
Falarei dos que sofreram o flagelo em celas,
dos que gemeram nus as noites frias
nas cadeias;
do Inverno queimando o corpo e a alma
dos prisioneiros castigados;
da auto-mutilação; dos braços retalhados.
Falarei da demência de homens sobre homens;
da tortura abafada atrás das muralhas.
QUANDO a Primavera chegar, eu
quero ter presente o Inverno passado.
Não esquecer essas noites que haveremos de impedir;
do homem-besta sobre o homem.

SANDRINA disse...

A PRIMAVERA


Finalmente, parece que o frio se está a ir embora. Está a chegar a Primavera! Já se cheira um ar doce. Hoje enquanto recolhia a roupa a mãe perguntou ao filho:
- Olha, queres vir assomar-te à janela para cheirar a Primavera que está a chegar?
- Sim, deixa-me cheirar. Humm! Cheira a flores…
- Então, gostas mais do Inverno ou da Primavera?
- Da Primavera.
- Mas o Inverno também tem coisas boas, não tem filho?
- Sim, a Noite de Natal.

RITA disse...

A Primavera (segundo a Rita)


Primavera
tu és
bela
com os teus
jardins
de encantar
e os teus pássaros
a piar.

Primavera
eu gosto
quando as andorinhas
vêm
e quando tu
começas
a chegar.

Na Primavera
os meninos da escola
divertem-se
a fazer enfeites
de Primavera!!!

JOÃO disse...

A Primavera do João


A Primavera é muito linda.
Porque na Primavera acontecem muitas coisas por exemplo:
os passaros cantam.
as andorinha chegam.
as broboletas voam.
as abelhas andam a transprtar o pólen para fazerem mel.
E os gatos brincam com outros gatos.
A Primavera é a minha estação preferida.

BEATRIZ disse...

Primavera (segundo a Beatriz)


Primavera
és tão bela...
Quando é que
chegas?
Eu adoro-te
e adoro ver
os pássaros
chegando,
as flores
crescendo,
as cores
brilhando,
o céu azulzinho
tão claro
quase branco.

Querida Primavera
hoje dia 20
começas
mas eu,
não sei
a que horas.

És tão beeeeeeela
Primaveeeeeera!!!!!

DINIS disse...

A Primavera do Dinis


A Primavera chegou.
As flores chegaram e os pássaros cantam.
A Primavera é gira, e eu gosto dos dias da Primavera, e também gosto dos pássaros a cantar e das flores.
Nós apanhamos flores para cheirar ou para meter nas jarras a enfeitar.
Eu gosto muito da Primavera porque dá alegria a toda a gente.

MARGARIDA disse...

COM A CHEGADA DA PRIMAVERA SIGA ESTE CONSELHO MESMO QUE CUSTE.

Não olhes a tristeza do homem destruindo uma floresta,
olha sim a beleza de uma flor brotando...
Não sintas a chuva ácida queimar as coisas ,
sente o frescor de uma chuva após um dia quente
Não imagines a poluição dos mares e nas praias,
mas imagina o nadar de um golfinho numa água cristalina
Não escutes o barulho de uma máquina barulhenta,
escuta sim o canto dos pássaros numa floresta...
Não fiques triste com um amor que te deixou,
mas fiqua alegre com os amores que ainda estão por vir...
Não chores por uma morte de uma pessoa querida,
Dá gargalhadas por uma vida nascida...
Muitas pessoas só se lembram das coisas más do mundo, das tristezas que o mundo oferece;
Temos que lembrar que o mundo não é perfeito, mas que existem coisas perfeitas nele.
Existem coisas maravilhosas neste mundo, aproveita a tua vida observando as coisas lindas deste mundo, pois a
vida é curta e depois da morte, ninguém sabe o que esta por vir;
Talvez um lugar melhor que este, óptimo, esperamos que sim, mas também pode ser um lugar pior, ou que não seja
nada.
Vê a felicidade nas coisas simples pois a felicidade é simples, não tentes complicar uma coisa simples, pois a
simplicidade é o caminho para a FELICIDADE.

LUIS disse...

Manhã de Primavera

Embelezado, me banhou a luz da aurora por entre à ramagem.
Num tom claro, luz etèrea, branca e pàlida.
E estendì meus braços, querìa toca-la,
e vì como meus dedos em poesia, queriam alcançar o ar..
mexerem-se com aneis de orvalho.
Chão de cheiro ùmido, folhas de cetim
Brisa de seda fresca.
Passaro da manhã, alegre bater das assas.
Cores como o ìris dos teus olhos,
Teus olhos, que não paravam de rir.
E corrimos como crianças que queriam brincar.
Eu me escondo e tu me encontras, aqui vou...conta atè dez.

ISABEL FERREIRA disse...

COM O CHEGAR DA PRIMAVERA, SEGUE O MEU CONSELHO.


"A SUA TRISTEZA"

Se a tristeza, vier por qualquer motivo, faça o seguinte:
Evite as sombras que ficaram para trás.
Olhe o caminho á sua frente e siga sempre.
Assopre o pensamento triste.
Deixe escorrer a última lágrima.
Vá até ao final do poço, mas volte renovada.
Então, respire fundo,
tirando da Natureza a energia para elevar a sua alma.
Abra a janela.
Aquela que dá para o voo dos pardais.
Procure a luz que pisca adiante.
Ao encontrá-la, coloque-a dentro do peito.
De tal jeito que possa ser notada do lado de fora.
Espalhe a cor rosa em torno de si...
Dê amor...
A todas as criaturas vivas.
A felicidade é o seu objectivo...
E a paz que você procura
será encontrada dentro de você
onde DEUS colocou um pedaçinho de SI.

Lincoln Ferreira

És sempre a mesma doçura LISPITO.

ÂNGELA SANTOS disse...

VEM AÍ A PRIMAVERA, ALTURA DAS FLORES.


ROSA AMARELA

Tu és:
Meu amigo,
minha companhia,
nos bons e maus momentos.

Meu amigo,
meu irmão,
através dos momentos felizes e menos felizes.

Encontras-te a meu lado
e ao meu lado tu caminhas,
estás aí para me escutar,
estás aí para me chamar,
com alegria, com um sorriso,
com dor e lágrimas também,
e eu sei que estarás aí, atravéz dos anos,
todos vós sois meus bons amigos
pelo que estou muito agradecida.
Fazes favor a todos os que consideras amigos,
SÓ PORQUE SIM...

Obrigada pela força.
PAULITA.

Anónimo disse...

Óla Paulinha nunca mais falámos...o q é feito de ti?!
da resposta...th saudades de tcl ctg...bjs



CARLOS SOUSA

LISPITO disse...

"Fiquemos em silêncio para que possamos
ouvir os sussurros dos Deuses...
Há um caminho para cada um de nós,
e se escutarmos com humildade,
ouviremos a palavra certa".

(Ralph Waldo Emerson)
********

Anónimo disse...

Miguita

Esta é para ver se te faço rir um pouco, ou dar uma grande gargalhada para ajudar a levantar essa moral que espero não esteja em baixo.

Desejo de rápida recuperação e...

BEIJO AMIGO DO SEMPRE AMIGO COMO MERECES

MÁRIO SEQUEIRA

PAULPI disse...

Obrigado por me enviares coisas girissímas !! Como te sentes ? bjs

JOSÉ MANUEL TORRES disse...

AMIGA,

Hoje acordei com vontade de te mandar flores.

Decidi que seria apenas uma rosa.

Mas não sou eu quem vai entregar.

Pedi a um querido amigo que o fizesse por mim.

Ele não pestanejou....

Tenha um bom dia!

Uiuiuiuiu...







Pedi ao RICHARD GERE.UFFFFA QUE CALOR TE DEU. BEIJOS.

ISABEL disse...

A PRIMAVERA VAI CHEGAR...


As flores vão abrir
O amor vem brindar
Brincar com o destino
Pela janela eu posso ver
O brilho de Sol
Na direção dos últimos ventos
A Primavera vai chegar

Colorindo as casas
Enchendo-as de som
Trazendo a paz
Para perto de mim
Colorindo as casas
Enchendo-as de luz
Trazendo a paz:
Para perto de mim!
Trazendo a paz
Para perto de mim
Trazendo a paz
Para perto de todos nós.

PEDRO disse...

Primavera (vai Chuva).

Quando o inverno acabar
Eu quero estar junto a ti
Pode o inverno, voltar
Que eu quero estar junto a ti
Por que
Na Primavera
Amo a natureza
Na Primavera
Amo-te, meu amor
Trago esta rosa
Para te dar
Meu amor
Hoje o céu está¡ tão lindo
Vai chuva
Dá lugar á Primavera.

CARMEN disse...

DOCINHO DE MORANGO "Strawberry Shortcake"


SINOPSE
Acompanha a tua amiga "estação", numa nova e doce aventura!
Pode ser o primeiro dia de Primavera na Morangolândia, mas está frio, o vento sopra e ainda há gelo no chão. Parece que este ano a Primavera não vai chegar tão cedo! Assim, a Docinho de Morango e as suas amigas Laranjinha e Cerejinha vão procurar a Primavera, uma menina que este ano não quer fazer o seu trabalho. Cabe à Docinho de Morango convencer a Primavera que todos precisam dela e que trabalhar em equipa torna qualquer tarefa divertida. Vá lá a Primavevera está aí mesmo. Abram os braços e mãos á obra.

Anónimo disse...

Não Sei Dizer Adeus ao Inverno

Eu não sei dizer adeus.

Adeus tem o som laminado de farpa
atravessando o ar
directa ao cerne da ferida

Nunca soube dizer adeus.

Abri rasgos nas veredas do sentir
para reconhecer nelas as marcas impressas
e Identificar meus sinais

Como dizer adeus?

Em alerta me quedo ao som de um adeus,
lembra-me viagem que não tem retorno
e por determinismo regresso às indeléveis marcas deixadas
ao jeito de revisitação


Não direi adeus, jamais....creio!

Quem sabe tão só
adeus por enquanto
se um adeus sem coragem
espreitar nos gestos quotidianos
se um esboço de adeus
inexpresso ou omisso
me acenar do outro lado

Eu não sei dizer adeus...
quiçá adeus por enquanto!

Apenas um bem vinda Primavera.




ANGELA SANTOS

PEDRO disse...

Chegou a Primavera

Chegou a primavera há um aroma diferente no ar
alguma coisa que eu não sei explicar
Talvez seja o conforto aquecido,
um prêmio merecido para nos acalentar

As flores despontam belas,
e num mesclar de coloridos, enfeitam varandas e janelas,
Nos jardins e nos quintais o sol ilumina o verde,
e dá vida ao tapete de pétalas ornamentado.

E neste clima tão belo da estação a desabrochar
eu venho lhe convidar para a primavera saudar,
brindando com muitas flores
às nossas amizades e amores.

Para vocês meus amigos/as
eu lhes ofereço um suave bouquê
com perfume de amizade e carinho
e com as cores do bem querer.


UM KISS KISS PARA TI PAULITA.

RUI disse...

Pois não é que vai chegar a estação mais menina de todas, com os seus aromas e com todo o amor que paira no ar? Hummm!!! Até apeteçe respirar fundo. Eu tenho andado assim para o ausente, e ao mesmo tempo muito confusa com o que se tem passado com os meus problemitas, tu sabes miguita, por isso desanimado. Vejo que tu tomas-te a decisão e mudas-te. Eu ainda não sei o que fazer, porque dizem uns que a velha plataforma vai se manter. Enfim, pode ser que a Primavera me faça tomar uma decisão sobre o que fazer. Um beijo.

SANDRA disse...

Sempre linda sempre mágica e intensa...assim és tu minha querida PAULITA :). Como estás? estou de volta ao mundinho dos teus blogs, acho que o pc hoje já vai ter alta:)...A Primavera está mesmo a chegar, mesmo com chuva o campo está lindo, lindo sabe bem o seu cheiro, ver as flores os bichitos:). Miga, olha tenho uma novidade o meu namorado criou um cantinho como ele é timido ;) faço eu o convite para se quiseres espreitares e deixar uma forçinha para ele cotinuar:) está ainda no inicio e vai surgir uma iniciativa espero que possas dar a tua ajuda. Ele tem um programa de rádio e vai pedir ajuda através de textos para ler em directo...depois vês;) até lá espreita faz favor. Deixo um grande grande beijo...voltarei em breve e darei noticias****

ISABEL disse...

Olá miga
boa noite
tenho estado um pouco ausente,tenho tido os dias tdos ocupados com trabalhos para a faculdade...
vou mudar de esquema e vir aqui mais vezes. Desejo-te uma boa semana beijinhos.
Adoro a primavera....as flores, o solinho...hummm sabe tão bem...

SIMÃO disse...

Pois é com a chegada da Primavera, parece que tudo muda. Será?
O cheiro no ar, as pessoas, sei lá...
tudo é diferente.
BEM VINDA PRIMAVERA. ESTÁS A FAZER FALTA.

LA LUNA disse...

PRIMAVERA (VAI CHEGAR)

porque (é primavera)
te amo(é primavera),
te amo (é primavera) meu amor.
Trago essa rosa (Para te dar),
(Trago esta rosa (Para te dar)
trago esta rosa (Para te dar) meu amor

(Hoje, o céu está tão lindo, vai chuva)
(Hoje, o céu está tão lindo, vai chuva)
(Hoje, o céu está tão lindo, vai chuva)
(Hoje, o céu está tão lindo, é primavera, vai chuva)

É primavera, simplesmente por isso... isso me faz pensar nas coisas mais parvas do dia a dia ao qual damos a maior importância, principalmente quando se está apaixonado.
Um sorriso, um olhar... aquele beijo de leve.. gostoso, que você não sente apenas os lábios, você sente tudo o que a pessoa sente por você, e também o que ela significa para você. É mágico.
Também um simples abraço... mas que faz você, trocar com a pessoa as suas energias... se você está mal, você recebe energias boas... e se não está muito bem... pega um pouquinho do que a outra pessoa tem de bom... e mesmo quem doa, não perde nada. Bjs, Amigos.

PAULA MARQUES disse...

Que primavera. Opá. Primavera se faz favor. Desculpe minha senhora não sabia que era com pê grande. É que desde que você se mostrou eu só vejo chuva e as escovas do pára-brisas a passar-me pelos olhos. E não vejo nada disso dos passarinhos a cantar. E também ainda não vi os namorados. Tens que ter calma. Mais ainda? Para uma pergunta dessas ainda não atingiste essa qualidade superior que é a paz interior. Uma pessoa aqui a falar-te bem e tu começas com essas tretas do frio? Calma. Vai-te tratar ou então, trás-me já o Verão. Eu quero é andar de t-shirt e calções.
E por enquanto ainda não larguei o casaco comprido. TEM DÓ PRIMAVERA.

MÁRCIA disse...

Primavera e está de chuva. E tu deixas-me sempre um sabor amargo. E não é na boca, aí ja estaria a negociar vontades e desejos. Dás-me sempre aquela sensação de que falta muito e o caminho é grande. Resta dar outra roupa à personagem, e esperar que quando o pano voltar a subir a peça traga outra cor. Mais clara. Suave. Doce e com um pouco mais de melodia. Só quero que alguém me ouça falar da solidão. Quero dispôr das minhas palavras e dizer-te que isto é mais forte do que aquilo a que chamam paixão. Fiquei mais leve agora que deitei estas coisa do peito para fora. Roda isso para aqui. Chega aqui. Olha-me nos olhos, se tens coragem. Descontrai. Fundo. Vá. Respira. Só quero ter alguém a quem possa partilhar a ternura. Sorri. Deixa-me saborear toda essa alegria. Sol. Prazer. Não te escondas. Anda cá. Anda lá. Acalma-me por favor. Num só instante mostra-me, num rasgo apenas tudo o que pensas. Tens muito menos entusiasmo que eu. Para ti, é tudo habitual. Tudo igual. Vá, vou para este meu canto. Olho para o quadro dos cavalos e escondo-me. Brilhas mais que as estrelas. Cansado. Demais. Acorda-me com beijos sorrisos e dedos ao de leve pelos lábios. És dono de mim e daquilo que penso que sou. Por ti choro. Por ti não mereço pensar. Impossível é querer esta realidade que não te merece. O meu amor gosta mais de mim do que alguma me ensinou-me a saber que não existe. Até quem sabe quando. Quem diria que eu sei escrever assim a estas horas. Beijos.

SÃOZITA disse...

CHEGADA DA PRIMAVERA

Só é mais um amanhecer...
Eu fecho os olhos e revejo teu sorriso lindo
diante dos meus olhos, tristes agora..
Releio teus poemas, que me dizem tanto
como se pudesse trazer-te de volta pela tua inspiração
mas são releituras inúteis... tão inúteis!
Ah, como eu queria ter a força que precisas!
Essa cura mágica que tua alma anseia
que teu corpo espera, já tão desolado
sentindo que está sendo abandonado
ao ver os sonhos partirem de mansinho...
Não desistas, amor!
Dizem os sábios e poetas
que enquanto sonhamos, temos vida
arrasta de volta os teus sonhos fugidios
não deixarei irem simplesmente assim
eu preciso deles, e eles de mim!
Não deixes que se apague a tua luz...
prometes-te mostrar-me a neve, lembra-te?
Como terás coragem de partir, sem cumprir...
Como abraçaremos os campos floridos da Primavera
e correremos livres pelos caminhos de manhãzinha?
As estradas estarão vazias e tristes, sem ti o horizonte, vai continuar alheio, distânte
sem nós para o partilharmos como combinamos e esperávamos
não sentes pena?...
Ah, se eu pudesse conceder-te uma migalha que fosse
da vida que me sobra tanto
e mais ainda sobrará, se me deixares...
Se quiseres muito, eu sei que conseguirás
falta pouco, Setembro já vai chegar...
Estou aqui, desejando fortemente que acredites
nessa esperança que acalento tanto
divida comigo nossas noites de luar e poesia
espere pelo menos mais um amanhecer...
eu te proíbo de morrer!

CAROLINA disse...

Chegou a primavera

Chegou a primavera,
vem-nos todos os anos.
Os geógrafos falam
em latitude, longitude, sol.
Dizem que tudo é resultante
do sítio que cada um tem
na curvatura da terra.
Julgo que também depende
daquilo que a solidão sente
face ao seu próprio lugar.
Aliás, nosso corpo, breve,
pode sentir-se bem mais leve
que o próprio peso do tempo.
Se ousarmos o sonho de voar
ou o instânte de um chilrear.
A primavera só o será
se os verdes gomos vencerem
os ramos ressequidos.
Se as flores romperem
folhas caídas,
e um raio de sonho
disseminar seu verbo
nas sombras da invernia.
Só depois pode, enfim, chegar
a luz a mais, meridional,
de quem sou filho natural
Quando os corpos abrem seus olhos
para as coisas que são belas.
Que venha o sol aquecer
as palavras que, na forja,
estão à espera.
Que venha o sol
demarcar-nos da paisagem.
Que, pela voz, regressem
todos genes da distância.
Só então, os homens esquecerão
a húmida máscara do tempo
que o vento não consegue lavar.
Quando os prados se cobrirem de papoilas
e os bichos todos se remexerem
fora dos próprios casúlos.
Só depois, apetece procurar,
por dentro das coisas,
a própria natureza das coisas,
subindo ao cume da colina,
para poder estar mais perto
da plena luz que me calcina.
Então, saberei, mais uma vez, descer
aos longos vales do silêncio,
à verde mansidão do rio.
Para sorver a seiva da terra,
reanimar meu corpo
e, silvestre, misturar-me
nas verdes relvas da manhã.

JU disse...

Chegou a Primavera!


Estou tão contente!!!
Finalmente vai embora o frio.
Que me desculpem os amantes do Inverno, mas "Eu gosto é do Verão, de passearmos de prancha na mão..." :-
Para celebrar vou deixar-vos com alguns excertos de um dos meus poemas favoritos.
"Vem, Noite antiquíssima e idêntica,
Noite Rainha nascida e destronada,
Noite igual por dentro ao silêncio. Noite
Com as estrelas lantejoulas rápidas
No teu vestido franjado de Infinito.
Vem, vagamente,
Vem, levemente,
Vem sozinha, solene, com as mãos caídas
Ao teu lado, vem
E tráz os montes longínquos para o pé das árvores próximas.
Funde num campo teu todos os campos que vejo,
Faz da montanha um bloco só do teu corpo,
Apaga-lhe todas as diferenças que de longe vejo. Vem, e embala-nos,
Vem e afaga-nos.
Beija-nos silenciosamente na fronte,
Tão levemente na fronte que não saibamos que nos beijam
Senão por uma diferença na alma. Apanha-me do meu solo, malmequer esquecido,
Folha a folha lê em mim não sei que sina
E desfolha-me para teu agrado,
Para teu agrado silêncioso e fresco.
Uma folha de mim lança para o Norte,
Onde estão as cidades de hoje que eu tanto amei;
Outra folha de mim lança para o sul,
Onde estão os mares que os Navegadores abriram;
Outra folha de mim atira ao Ocidente,
Onde arde ao rubro tudo o que talvez seja o Futuro,
Que eu sem conhecer adoro,
E a outra, as outras, o resto de mim
Atira ao Oriente,
Ao Oriente donde vem tudo, o dia e a fé,
Ao Oriente pomposo e fanático e quente,
Ao Oriente excessivo que eu nunca verei,
Ao Oriente budista, bramânico, sintoísta,
Ao Oriente que tudo o que nós não temos. Vem sobre os mares,
Sobre os mares maiores,
Sobre os mares sem horizontes precisos,
Vem e passa a mão pelo dorso da fera,
E acalma-o misteriosamente,
Ó domadora hipnótica das coisas que se agitam muito! Vem, noite silênciosa e extáctica,
Vem envolver na noite manto branco
O meu coração...
Serenamente como uma brisa na tarde leve,
Tranquilamente com um gesto materno afagando.
Com as estrelas luzindo nas tuas mãos
E a lua máscara misteriosa sobre a tua face.
Todos os sons soam de outra maneira
Quando tu vens.
Quando tu entras baixam todas as vozes,
Ninguém te vê entrar.
Ninguém sabe quando entraste,
Senão de repente, vendo que tudo se recolhe,
Que tudo perde as arestas e as cores,
E que no alto céu ainda claramente azul
Já crescente nítido, ou círculo branco, ou mera luz nova que vem,
A lua começa a ser real."

NÁDIA disse...

A primavera é a melhor altura das nossas vidas. É o momento em que tudo cresce, desabrocha se torna lindo, tem força e esplendor...
Mas a seguir vem o Verão, o Outono e por fim o Inverno....
Deve ser bom viver sempre na Primavera. Mas para isso, é preciso muito empenho da Mãe Natureza... e de nós...

MARA disse...

CHEGOU A PRIMAVERA

Chegou a primavera
e os pássaros começam a cantar
para as flores da estação mais bela
em todos alegria despertar

como a nós dando um aviso
tempo de buscar novo caminho
na face o melhor sorriso
tratando a todos com carinho

juntos derrubar a melancolia
tendo uma estrela como guia
clarear a mente com sabedoria
começar bem o novo dia...

NELA disse...

Quarta-feira, 21 de Março 2007


A Primavera chegou
A Primavera chegou hoje ao fim da tarde, não se nota, mas dizem os entendidos nessas coisas, que ela chegou.

Eu gosto da Primavera, das árvores a ganharem flor, do cheirinho típico no parque, do som dos pássaros, da praia!

Lembro-me que quando era miuda adorava ir passear para o parque e tirar florzinhas pequeninas.

Hoje sai com o meu amor...As coisas estiveram um pouco tremidas, vi a nossa relação por um fio mesmo...
Eu fui parva e dei-lhe uma resposta bastante torta, sem ele merecer e ele disse a frase que mais me assusta "Vamos pôr um fim, na nossa relação". Eu sei que não sou própriamente pêra doce e quando me chegam os azeites sou completamente insuportável, mas...ouvir aquela frase...
Tremi por completo, chorei que nem uma uma criancinha...
A minha sorte, a sorte da nossa relação, é amarmo-nos imensamente senão...hoje eu seria uma loucura chorona...

Eu amo-o...as vezes penso que o amo demasiadamente. Entreguei-me totalmente a ele e se um dia fico sem ele, vai ser um choque demasiado duro...

Agora esta tudo bem, voltamos ao que éramos, mas isto fez-me pensar muito!
Eu amo o Jaime se calhar em dose exagerada....Será possivel?
Amar demasiado uma pessoa, será assim tão mau?

Estou morta para comer um chocolate!!!! Tenho seguido uma dietazinha e ate já emagreci, a minha mãe diz que qualquer dia desapareço!

Bem, termino por hoje...

PATI disse...

Chegou a Primavera!



A Primavera chegou no dia 21 de Março e termina no dia 20 de Junho.
Com a chegada da Primavera as aves regressam para Portugal.
As árvores ficam novamente com as suas folhas, nascem as flores, o tempo fica mais quente. Os dias são maiores e as noites mais pequenas.
Na Primavera, as pessoas começam a usar roupas mais frescas, fazem-se coroas, colares com flores.
Na Primavera, há uma celebração muito importante que é a Páscoa, que significa a ressurreição de Cristo, ao terceiro dia após a sua morte.
E assim chegou a Primavera!

PATI disse...

março 21, 2007
A PRIMAVERA CHEGOU
A PRIMAVERA CHEGOU A PRIMAVERA CHEGOU
A PRIMAVERA CHEGOU A PRIMAVERA CHEGOU
A PRIMAVERA CHEGOU A PRIMAVERA CHEGOU

March 21, 2007 5:04:00 PM PDT

PATI disse...

A PRIMAVERA

Chegou a Primavera.
Mas onde está o Sol?
Continuamos à espera
Desse grande “caracol”.
As andorinhas chegaram?!
Terão ficado em África?
Talvez com gripe das aves,
Ou bronquite asmática.
As árvores descobertas,Sem flores coloridas.As abelhas? No cortiço. Com frio recolhidas.
Os campos continuam tristes
Erva aqui, erva ali…
Flores?! Onde as vistes?!
Com tanto frio assim!
Primavera, era… era…
Era tempo de chegares.
Corre, pula, salta e dança
Para ainda desabrochares.
(…ainda à espera da Primavera, que já não é o que era.)

LUIGI disse...

Quarta-feira 21 de Março de 2007
Como é bela a estação das cores, da renovação da vida



Chegou a Primavera, a estação da renovação,
com ela a natureza renasce, a vida rejúbila
numa mescla natural de sons, cheiros e cores,
chegou a Primavera, a mais bela das estações.
Mantos verdes, agora coloridos aqui e além
cobrem campos outrora despidos pela intempérie,
flores germinam como uma dança para a vida
ao som do canto afinado de um beija-flor!
Chegou a Primavera e com ela a lembrança
de um amor sereno em tempos vivido,
chegou a Primavera e com ela a esperança
de voltar a sentir a teu lado o cheiro da felicidade!
(Como a Primavera faz com a natureza, dedico este poema a todos os que conseguem na vida um momento de renovação, de um modo intenso, belo e natural...!)

LUISA disse...

Quarta-feira 21 de Março de 2007


A primavera chegou e com isso o amor floresce
A primavera chegou e numa dessa manhãs
eu vi que só tu és capaz de me fazer feliz,
és tu cuja beleza e harmonia se complementam
com o grito e esplendor da natureza.
És aquela para quem o sol sorri,
uma flor se ergue, um pássaro canta,
és uma gota de orvalho cristalina
quando desliza pela pétala de uma rosa,
a mais linda do jardim dos meus sonhos.
A primavera chegou e com isso o amor floresce
pelos prados que invadem o meu coração,
em cada momento passado a teu lado
eu dou valor ao significado da palavra saudade!

MARIA disse...

PRIMAVERA

Na Primavera se renova a vida,
Os campos se enchem de flores
Chegam as andorinhas...
E eu espero o meu amor!

Os campos estão em flor,
A Primavera chegou...
Nos céus volteiam as andorinhas,
Mas o meu amor ainda não voltou!
Nos céus volteiam as andorinhas,
Porque a Primavera está linda...
E eu continuo à espera,
Porque o meu amor não voltou ainda!
Continuo nesta agonia!
Com o coração aos pedaços...
Mas sei que um dia,
O meu amor voltará a meus braços!

MÁRIO disse...

A PRIMAVERA CHEGOU

Chegou a Primavera.
Com ela chegam também a esperança e o acreditar no futuro.
Pena é que estes desígnios tardam em chegar.
Temos de acreditar ser possível construir uma sociedade melhor.
Somos tão capazes como os outros parceiros desta Europa alargada.
O nosso capital humano é excelente.
Apenas temos de moldar certos hábitos e rotinas que em nada nos ajudam, antes pelo contrário, só nos causam grandes prejuízos.
Vamos construir um País civilizado em que os valores sejam a pedra de toque que nos distingue dos outros.
Acredito nos portugueses e em Portugal.

Anónimo disse...

É Primavera

♪ ...
A Quando o inverno chegar
Eu quero estar junto a ti
Pode o outono voltar
Que eu quero estar junto a ti
Eu (é primavera)
Te amo (é primavera)
Te amo meu amor

Trago esta rosa (para te dar)
Trago esta rosa (para te dar)
Trago esta rosa (para te dar)
Meu amor...

Hoje o céu está tão lindo (vai chuva)... ... ♫

♪ ♫ ♪ ♫ ♪ ♫ ♪ ♫ ♪ ♫ ♪ ♫ ♪ ♫ ♪

[♪] Música do Dia – Tim Maia - Primavera.

AVELINO disse...

A Primavera


A Primavera chegou no passado dia 21 deste mês; ou na passada quarta-feira; chegou com uns dias bonitos e maiores e com as noites mais alegres. A Primavera é uma estação do ano muito bonita; e os dias tornam-se maiores e mais quentes; há mais flores; e a praia com os dias mais quentes da Primavera começa a ficar boa e daqui a pouco as pessoas começam a vestir roupa fresca. Na Primavera as árvores dão-nos uma sombra muito fresquinha; as pessoas tornam-se contentes debaixo das árvores; contam histórias e às vezes adormecem deitadas na erva nos montes. Há pessoas que vão a um passeio muito longe.

Anónimo disse...

Quarta-feira, 21 Março de 2007


A Primavera chegou hoje!!!
Pois é, ás 18h30 em ponto a Primavera lá chegou... Finalmente!
Mas, em vez de ter estado um dia lindo, maravilhoso de Sol (que ainda deu o ar da sua graça por alguns instântes), choveu parte do dia:(((((((( Não devia ter sido assim este dia...
Mas o melhor de tudo é que a partir de Domingo os dias vão ser maiores ;)))) Ou seja, às 20h ainda vai ser dia ehehhehe,
Por isso, não se esqueçam: no Domingo à 1h adiantam o relógio uma hora ;)))))))

PATIJO disse...

A PRIMAVERA



Com a chegada da Primavera, falámos das características desta estação do ano, aprendemos canções e fizemos andorinhas que colocámos na parede da sala de aula.
Começámos a fazer um painel da Primavera que ainda não está concluído. No painel colocámos tulipas feitas com dobragens, flores desenhadas e recortadas, colámos cerejas numa árvore e ainda desenhámos o sol e as nuvens. Ainda vamos colar flores na outra árvore e desenhar e pintar andorinhas e borboletas para que o painel fique completo.

PATIJO disse...

A PRIMAVERA
A Primavera chegou, toda a terra vai florir,



Frutos novos em botão, estão a abrir.

Olha os ninhos quanta vida,

Olha os campos quanta flor,

Primavera é festa da flor.

Primavera é festa da flor

PATI disse...

PRIMAVERA

Foi-se o vento, foi-se a chuva,

Tudo brilha no meu jardim.

Verdes folhas, lindas flores, Que alegria para mim.

BEATRIZ disse...

O Gigante Egoísta
Autor: Oscar Wilde
Tema: Egoísmo
Era uma vez um gigante que morava num castelo muito bonito. Apesar de lá ser a sua casa, havia já sete anos que estava ausente. Fora visitar um seu amigo. Como o castelo estivesse abandonado durante esses sete anos, todas as crianças daquela cidade brincavam em seu jardim. Lá, eram felizes. Brincavam despreocupadas e só interrompiam os seus folguedos para ouvir os pássaros.
Como somos felizes: Costumavam exclamar.
Mas certo dia, o gigante voltou:
Que fazem aqui? Perguntou às crianças. Este jardim é meu e sómente eu posso brincar nele.
As crianças assustadas, correram para suas casas. E desde esse dia então, o gigante passou a ser conhecido como gigante egoísta.
Após a meninada ter ido embora, o gigante cercou todo o seu terreno com um muro altíssimo, e colocou uma tabuleta com o seguinte aviso: "È PROIBIDA A ENTRADA"
A partir deste dia, as crianças ficaram sem ter onde brincar. Tentaram distrair-se na estrada, mas esta era poeirenta e cheia de pedras. Costumavam passear depois das aulas, ao redor da muralha, lembrando-se dos dias em que brincavam no jardim do castelo. Como eram felizes! Diziam-se umas às outras.
O tempo passou. Ao chegar a primavera, toda a cidade ficou florida e cheia de pássaros. Só no jardim do gigante egoísta o inverno continuou. Os pássaros não queriam pousar nas árvores parque lá não estavam as crianças. E
pelo mesmo motivo, as árvores não floriram. Certo dia, uma bela flor surgiu da relva, mas, ao ver a tabuleta ficou com tanta pena das crianças que se recolheu de novo e adormeceu. Os únicos que brincavam no jardim do gigante eram a neve e a geada: A primavera esqueceu-se deste jardim dissera. Ficaremos nele todo o ano. A neve cobria a relva com seu manto branco, enquanto a geada balançava as árvores. As duas então, convidaram, o vento Nordeste a ir brincar com elas no jardim do gigante egoísta, e ele foi. Todos os dias, uivava, sem cessar, pelo jardim; derrubando as chaminés; quebrando os galhos das árvores, sempre forte e furioso. Que recanto delicioso! Exclamou o vento Nordeste. Precisamos convidar o granizo a passar uns tempos aqui.
E o granizo aceitou o convite. Todos os dias, durante umas três horas, caía forte sobre o telhado do castelo. Chegou, mesmo, a quebrar-lhe grande parte das telhas. Vestia de cinzento toda a paisagem, e seu bafo era de gelo. Não compreendo porque a primavera esta demorando tanto a chegar, pensava o gigante egoísta, olhando, pela janela de seu quarto, o jardim gelado e branco. Espero que o tempo mude logo. Mas a Primavera não veio, nem o Verão. O Outono trouxe frutos a todos ao jardins, menos ao do gigante. Ele é muito egoísta disse o Outono ao granizo. Não merece o seu jardim cheio de flores e frutos. E o inverno continuou lá, com o vento Nordeste, o Granizo, a Geada e a neve a bailarem entre as árvores. Certa manhã, três anos depois de ter expulsado as crianças de seu jardim, estava o gigante acordado em sua cama, quando ouviu uma música muito suave. Ela era tão doce, que lhe pareceu ser dos músicos do Rei.
Na verdade, amigos, era apenas um pintarroxo que cantava perto da janela de seu quarto. Como há muito tempo não ouvia o gorjeio de um pássaro, pensou que fosse os músicos do Rei. Então levado pela curiosidade, chegou até a janela e viu, maravilhado, que não mais existiam a Geada, o Vento Nordeste, o Granizo e a Neve. Em todo o seu jardim, haviam flores e pássaros: Que bom! Exclamou satisfeito. A primavera chegou, finalmente! E, olhando mais uma vez, percebeu que seu jardim estava repleto de crianças. Ah, agora compreendo pensou ele, comovido. São as crianças que fazem as flores surgirem e os pássaros cantarem! Sim, o gigante que era egoísta, percebeu finalmente, que o que faltava em seu jardim, eram as crianças. Mas, quando admirou pela terceira vez o seu jardim, viu que a um canto, o inverno continuava.
Era o canto mais afastado do jardim e onde se achava um menino. Este era tão pequeno, que não conseguia subir numa árvore; e por isso, o inverno perdurava naquele lugar. A árvore, coitada, ainda coberta de neve, tinha o vento Nordeste soprando sobre sua revolta cabeleira de galhos secos. Sobe pequenino, pedia ela, encurvar os seus galhos. Mas o menino era pequeno demais e não a alcançava e, quanto mais o gigante o olhava, mais lhe doía o coração: Então, desceu as escadas, abriu a porta da frente e saiu. Ao verem-no, porém, as crianças fugiram, amedrontadas. E o inverno invadiu de novo, o jardim. Só o pequenino não fugiu. Estava com os olhos tão cheios de lágrimas que nem percebeu a chegada do gigante. Este aproximou-se, e com cuidado, pegou no menino e colocou-o na árvore, e esta recebendo logo as flores. Vieram logo os pássaros e cantaram em seus galhos.
E o menino ficou agradecido ao gigante. As outras crianças, ao verem que o gigante já não era mau, voltaram a correr pelo jardim do castelo. E a primavera ressurgiu. Este jardim é de vocês. Podem brincar nele quanto quiserem, disse o gigante á petizada.
Então apanhou um martelo e derrubou o muro. Arrancou a tabuleta do portão e foi brincar com a meninada. As pessoas que por ali passavam, ao verem o Gigante, brincando com as crianças, ficavam enternecidas e contentes não há mais problemas, com o Gigante Egoísta, falavam entre si. E o tempo parecia correr. Quando chegou a tarde e as crianças começaram a ir embora, o Gigante perguntou: Onde esta aquele menino que eu coloquei na árvore? Não sabemos. Talvez tenha ido embora responderam.
Não deixem de dizer-lhe que venha, amanhã sem falta.
Mas não sabemos onde ele mora. Nunca o vimos por aqui! E o Gigante ficou triste.
Todas as tardes, ao saírem da escola, as crianças iam brincar com o Gigante. Mas o menino de quem ele tanto gostava nunca mais apareceu. Ele era bom para a meninada, mas sentia muita falta do seu primeiro amigo pequenino. Gostava tanto dele. Como eu gostaria de tornar a vê-lo.
E os anos passaram. O gigante foi ficando cada vez mais velho e cansado. Já não podia brincar; por isso, costumava sentar-se numa enorme cadeira e assistir às crianças brincarem. Ás vezes, quando seus amigos iam embora, ficava admirando seu formoso jardim.
Tenho muitas flores bonitas, pensava ele, mas as crianças são as flores mais lindas que eu possuo. Certa manhã de inverno, enquanto se vestia; pensou: Já não odeio o Inverno, pois sei que ele é apenas o sono da Primavera e o tempo em que as flores dormem.
De repente, avistou alguém. Espantado, esfregou os olhos e... é ele! Ele voltou! Exclamou o Gigante...
Sim amigos. No canto mais afastado do jardim, havia uma árvore toda coberta de flores. De seus ramos, todos de ouro, pendiam frutos de prata e, a sua sombra, estava o pequenino de que tanto o Gigante gostava.
Muito alegre, o Gigante desceu para o jardim. Bem devagar, pois já estava velho demais. Atravessou a relva e aproximou-se da criança. Mas, ao chegar perto, enrubesceu de raiva e perguntou.
Quem feriu você? Nas mãos do menino havia duas feridas, como se houvesse sido atravessadas por pregos, e o mesmo acontecia em seus pés.
Quem ousou ferir você? Tornou a perguntar. Diga-me quem foi que eu o castigarei por isso.
Nunca! Respondeu o pequenino. Estas são as chagas do AMOR.
Quem é você? Qual é o seu nome? Perguntou o Gigante assustado.
O menino sorriu para ele e disse:
Certa vez você me deixou brincar em seu jardim. Hoje sou eu quem vai levá-lo para BRINCAR EM MEU JARDIM.




FIM

GUIDINHA disse...

.: Chegou a Primavera :.


Chegou a Primavera
Mudando a Roupagem
Da natureza,
Renovando a Vida
Com seu encanto e beleza

Anónimo disse...

PAULITA

A Primavera a estação do ano que pertence (???!!!....) aos apaixonados,aos poetas, aos sensíveis á mãe natureza. Passarinhos a cantar, o cheirinho á terra preta,a florzinha a desabrochar, as novidades a rebentarem. Bem é realmente sublime eu sentir tudo isto por ter casa e atrás pinhal. Quantas vezes que no meu acordar, sinto-me a descer das nuvens tal é a saudação. Com uma variação de cantores mais se parecem numa sala de espectáculos ao lado de um Pavarotte. Sou um previligiado e agradeço aos Deuses tal fortuna com que sou destinguido. Peço desculpa por me alongar. bjnhs do zezinho

BRUNO disse...

PAULINHA


Viva a Primavera....linda a imagem.....de ti não se esperava outra coisa...beijinho

LAURA disse...

PAULITA

Flores no alto da montanha (Montserrat)

Já nos despedimos do Inverno. Oficialmente, a Primavera começou dia 20 de Março, mas no ano passado começou antes e esse ano, pelo clima que temos, também. Então…¡adiós Inverno!

As grandes superficies, já anunciam a colecção de Primavera, então está dito: já é Primavera.

Todas as lojas já estão vendendo roupas de Verão, sandálias, juro que dá um alívio. Eu gosto de frio, mas cansa tantos meses de Inverno. Agora temos que aproveitar, porque são menos de seis meses de temperaturas amenas até começar um novo Inverno.

Anónimo disse...

21 de Março de 2007

"Love is in the air"


Quero contar algo que tem tudo a ver com isso. Quero falar do encontro imediato que tive ontem à noite com um casalinho que estava em plena sintonia de amor. Fui ao supermercado e, a caminho do parque de estacionamento, de carrinho cheio como convém a uma dona de casa zelosa, eis que me deparo com um casal que se beijava apaixonadamente à porta do elevador, completamente alheios ao facto de eu estar a olhar fixamente, já que não podia sair com eles ali à minha frente. Verdade seja dita, eu podia ter tossido, aclarado a garganta, podia ter dito alguma coisa, enfim, fazer-me notada, mas confesso que fiquei fascinada com este momento tão bonito e lá os deixei beijar-se até ao fim, que teimava em não chegar.

Quando voltaram à realidade, viram-me ali de carrinho em punho, porta do elevador escancarada a olhar para eles com um sorrisinho maroto. Ela corou. Ele corou mais ainda (os rapazes são tão tímidos, meu Deus!) e disse-me "Desculpe. É a paixão, sabe..."

Sei, claro que sei. Felizmente sei. Sorri e desejei-lhes que a paixão durasse.

Porque não há sentimento melhor do que este de andar sobre nuvens, de ouvir música a cada passo, de ver as cores mais vivas e os dias mais claros. De trazer um sorriso permanente na boca e ver o nome de alguém por toda a parte. De sentir que somos felizes e nem sabemos bem porquê.

Dizem que a Primavera é propícia este tipo de sentimento. Para mim, os sentimentos predominantes nesta época costumam ser espirros, nariz a escorrer pingo e olhos inchados, por causa da febre dos fenos...

Mas não faz mal porque, "all things considered", sou uma sortuda no amor

Anónimo disse...

Estações
o Verão é uma das quatro estações
será do Verão que mais se gosta?
pois bem dou alguns exemplos
e vamos ver se é o Verão quem aposta?

o céu está azul brilhante
os pássaros a voar
é o tempo de Primavera
é o tempo de encantar

estamos na Primavera
tantas borboletas a voar
as abelhinhas que encanto
andam no céu a esvoaçar

quando sonhamos com algo
é como imaginar a Primavera
porque essa é a época de florescer
assim como no amor se espera

olhando um céu sem sol
também nos faz encantar
as árvores num baloiço
é o Outono a chegar

o vento rodopia as folhas
anda tudo num vai e vem
o vento é malandro
e ninguém o detém

ninguém detém o vento
seja em qualquer altura
mas é no Outono
que ele tem doce formosura

um dia sem sol
e carregado de nuvens escuras
são assim os dias de Inverno
e sem grande beleza

mas são em noites muito escuras que as
estrelas e a lua mais brilham de alegria
as estrelas nos dão sonhos
a lua a companhia

pois é uma rosa no jardim
uma criança a sorrir
o sol o mais quente no céu azul
é o Verão a sorrir

nestes dias me levanto bem cedinho
e aproveito para dar um passeio
ponho roupas muito leves
porque o Verão já veio

é no Verão que o sol é muito quente e brilha mais
é também o tempo balnear
todos fogem para a praia
para tomar banhos de mar

o Verão é o tempo bom de mais
todos vamos até á beira mar
é tão bom estar nas suas águas
como sabe bem nos refrescar

mas que belo tempo de sonho
deveria ser sempre assim
as pessoas estão nas praia
as rosas no jardim

e este é o tempo maravilhoso
que dá alegria e muito tempo para sonhar
é que os dias de Verão são tão grandes
que dá tempo para tudo se inventar

e eu invento o que quero realizar
construo tudo na minha fantasia
e sobre tudo sonho com muita paz e amor
muita fraternidade era o que eu queria

o Verão é o tempo de muito calor
e de muitos sonhos também
há mais gente de férias
mas sem elas há sempre alguém

há outros que preferem tirá-las
numa das outras estações
porque Primavera Verão Outono ou Inverno
são variadas as razões


Blue Heaven

PAULO disse...

Primavera


na rua já se sente o ar
um ar que se respira Primavera
Primavera que faz com que as flores desabrochem, que acordem para o mundo
no jardim estão as rosas, essas belas flores com um aroma que transmite paz, que transmite felicidade, que transmite alegria
apanha-se a rosa, dela se trata com carinho e se coloca num copo com àgua
prepara-se o pequeno almoço, com amor
se acorda a pessoa amada e se diz, amo-te minha flor
e como se pode começar melhor o dia, a não ser dando uma bela flor à flor mais bela do nosso coração, a pessoa que sempre amamos.

Blue Heaven

RUI disse...

Vem ao Jardim da Primavera, disseste. Aqui estão todas as Belezas, o Néctar e a Luz.
Mas... que posso fazer com tudo isso sem Ti? E, se estás aqui, para quê preciso disso...?

ANGELA disse...

Terça-feira, Março 20, 2007


Chegou a Primavera

A Primavera chegou hoje. Dizem as fontes oficiais que este ano é no dia 20 de Março às 12h33. Portanto, já estamos na Primavera. É tempo de celebrar o Equinócio, fenómeno que acontece apenas duas vezes por ano, quando o dia e a noite tem exactamente a mesma duração, porque o Sol nasce exactamente em cima do Oriente e põe-se exactamente a Ocidente. Aequus de igual e nox de noite.
Como o Win e o Yang, o Sol e a Lua.

JOANAP disse...

Queridas e queridos amigos:


Quem disse que a Primavera chegou no dia 21 de Março ou estava muito enganado ou então, esqueceu-se da Lapónia. Aqui continua a nevar intensamente, embora o pessoal já tenha um espirito Primaveril, muito intenso, cheira tudo a flores!:)
A vidinha em Arvidsjaur, continua tranquila e calma como no primeiro dia em que Deus a criou. Fogueiras e brincadeiras na neve, väo animando os fins de semana e os domingos sÃo passados a ressacar das quedas por causa das tentativas de fazer snowboard e afins, sendo que, à ultima da hora, acabamos sempre por fazer sku...
Quero ainda, mandar-vos fotos das nossas festas e da nossa viagem à noruega, mas por enquanto não foi possível.
Espero que estejam todos bem e que continuem a divertir-se
Joanap

JOSÉ AUGUSTO SIMÕES disse...

FLORES DA PRIMAVERA

Tenho no céu flores mil
Tenho na terra o coração
As mais belas flores de Abril
São as que estão em botão

Eu nasci na Primavera
Lindos meses lindas cores
Em todos os jardins e camp
Crescem as mais belas flores

As flores na Primavera
Crescem em qualquer recanto
Olha-se para todos os lados
Só se vê um lindo manto.

As pessoas vão para o campo
Só para ver as belas flores
Por vezes nestes passeios
Arranjam-se lindos amores…

Os amores da Primavera
São as flores mais mimosas
Apanham no mês de Maio
Lindos cravos, lindas rosas

As rosas da Primavera
Não se podem deitar fora
Quando se tratam mal as flores
Toda a Primavera chora

Tenho no céu flores mil
Tenho na terra o coração
A mais bela flor de Abril
A preservo desde então

Em Abril rosa tão bela
Bela rosa de estimação
Ainda hoje a tenho guardado
Dentro do meu coração!

JOÃO MARTINS disse...

Vai alta no céu a lua da Primavera.

Vai alta no céu a lua da Primavera
Penso em ti e dentro de mim estou completo.

Corre pelos vagos campos até mim uma brisa ligeira.
Penso em ti, murmuro o teu nome; e não sou eu: sou feliz.

Amanhã virás, andarás comigo a colher flores pelo campo,
E eu andarei contigo pelos campos ver-te colher flores.
Eu já te vejo amanhã a colher flores comigo pelos campos,
Pois quando vieres amanhã e andares comigo no campo a colher flores,
Isso será uma alegria e uma verdade para mim.

por Alberto Caeiro
Escrito em 6-7-1914.

JOÃO MARTINS disse...

Primavera (Vai Chuva)

Quando o inverno chegar
Eu quero estar junto a ti
Pode o outono voltar
Que eu quero estar junto a ti
eu quero estar junto a ti
Porque é primavera
Te amo
é primavera, te amo
meu amor

Trago essa rosa, para lhe dar
Trago essa rosa, para lhe dar
Trago essa rosa, para lhe dar
meu amor, ieee
Quando o inverno chegar
eu quero estar junto a ti
pode o outono voltar
que eu quero estar junto a ti

Porque é primavera
Te amo
é primavera, te amo
meu amor

Trago essa rosa, para lhe dar
trago essa rosa, para lhe dar
trago essa rosa, para lhe dar
meu amor, ieee

meu amor
Hoje o céu esta tão lindo, vai chuva
hoje o céu esta tão lindo, vai chuva
hoje o céu esta tão lindo, vai chuva
hoje o céu esta tão lindo, meu amor.

LINA disse...

Não Quero Flores
Não quero flores,
pelúcias,
miniaturas...
Palavras de amor,
não quero mais.
Quero a minha
existência,
a minha nóia,
a minha jóia,
meus pesadelos.
Não quero fugir
dos meus medos,
dedos,
desejos.
Não quero suas
juras,
injúrias...
Quero saber
quem sou.
Não quero estadas,
presepadas...
Quero sol,
a rua,
a música,
a dança,
o canto,
o berro.
Quero alguém
quando eu
quiser.
Quero ter,
ser.
Chega de emprestar
meus desejos.

Anónimo disse...

Nesta primavera: Banho de flores para dar sorte no amor e na vida
Primavera é uma estação bonita do ano, nada relaxa como ver os jardins ficarem floridos. Nesta primavera você poderá usar as flores para banhos, um a cada dia da semana para se conectar mais rápido com seu anjo e realizar os seus pedidos e desejos profissionais, amorosos ou do dia-a-dia como arrumar emprego ou até dar uma virada financeiramente na sua vida.

Segunda

Rosa Vermelha: Simpatia para arrumar um grande amor, e acalmar relacionamentos tumultuados
Maria Sem Vergonha: Para a pessoa se casar

Terça

Cravo Vermelho: Somente para homens que tem problemas na justiça
Palma: Abrir caminho, proteção

Quarta

Margarida: Para afastar pessoas ruins das nossas vidas
Lírio Amarelo: Para arrumar emprego
Flor De Maracujá: Atração do sexo oposto

Quinta

Violeta: Para organizar sua vida
Flor Do Campo: Para abrir os caminhos em sua vida

Sexta

Cravo Branco: Para homens se casar, ou arrumar uma namorada
Rosa Branca: Para limpar as energias

Sábado

Girassol: Dar uma virada na sua vida financeira
Rosa Amarela: Para entrada de dinheiro

Domingo

Lírio Da Paz: Para limpar suas energias e seu ambiente familiar

Tire as pétalas da flor (da sua escolha) e coloque em um copo de água e reserve. Amasse o miolo da flor e coloque dentro de um copo com água fervente, deixe amornar e misture com o primeiro copo de água.

Adicione mais um litro de água e tome seu banho normal. Depois jogue o banho de flor, e não se seque.

Para você que não tem tempo já existe sabonetes prontos, mas não compre qualquer um porque as essências usadas não são naturais e sim químicas.

NELINHA disse...

Podem até cortar todas as flores, mas jamais deterão a Primavera.

DANIELA disse...

A Primavera é uma estação muito bonita e muito alegre. Nas árvores nascem as flores e renascem as folhas. Os campos ficam verdinhos e floridos, e é altura em que chegam as andorinhas e cantam alegres os passarinhos, e as borboletas voam pelos campos e as abelhas tiram o néctar das flores para fazer o mel. E as pessoas vestem roupas que já não são tão quentes e são mais coloridas e também semeiam as batatas, o feijão e o grão e outras mais coisas. E como é Primavera as pessoas enfeitam os seus jardins com flores de várias cores, brancas, azuis, amarelas e encarnadas ao pé das suas casas.
VIVA A PRIMAVERA.

ÉLIO disse...

Na Primavera a Natureza fica mais bela. Chegam as andorinhas, as abelhas e as joaninhas, as andorinhas fazem os seus ninhos com palha e lama.
As abelhas sugam o néctar das flores, para mais tarde fazerem o mel.
Na Primavera vestimos roupas mais leves e frescas e os dias vão ficando maiores.
Eu gosto da Primavera, porque as flores cheiram bem e chegam as andorinhas.

PAULO disse...

A Primavera
Eu gosto muito da Primavera porque os campos ficam mais bonitos, as plantas ficam mais verdes e com flores.
É na Primavera que as plantas começam a tomar os frutos.
Nós devemos tratar muito bem as plantas, porque elas dão-nos muitas coisas boas, os frutos, a sombra, a lenha para as fogueiras e o oxigénio para respirar. Nós devemos ser amigos de verdade das plantas, porque elas também são as nossas melhores amigas, porque são seres vivos.

PAULO MARTINS disse...

A Primavera
Eu gosto da Primavera, porque começam a aparecer as flores de muitas cores, amarelas, vermelhas, azuis, cor de rosa e etc.
Começam a aparecer as andorinhas que começam a fazer os seus ninhos muito bonitos e redondinhos.
As pessoas começam a semear as couves, batatas e muitas outras coisas.
Os pássaros começam a cantar a cantar sem parar.
Na Primavera as crianças brincam tanto na rua que quando chega a noite já estão cansados.
Na Primavera começam a rebentar as flores das árvores.

JOÃO LATADO disse...

Na Primavera as andorinhas começam a aparecer e começam a fazer os seus ninhos.
E depois os campos ficaram mais coloridos, e as árvores começaram a ter flores e folhas nos ramos.
Começam a aparecer as borboletas e as abelhas, as abelhas tiram o mel das flores.
E os dias são cada vez maiores, e as pessoas começam a vestir roupas mais frescas.
No dia da árvore os meninos plantam as árvores na sua escola.

JOSÉ disse...

As flores da primavera em nossa Praça
Na primavera há o renascimento da vida, e com isto há muitas flores que desabrocham. Esta é a época do acasalamento e do nascimento da maioria das espécies na natureza. Dentro de nós, começa a surgir uma agradável sensação de que a vida, após os frios e escuros meses de inverno, recupera seu esplendor. A primavera faz renascer a vida de um modo mais flexível e com todo o seu esplendor busca o equilíbrio

Z disse...

AS FLORES DA PRIMAVERA!
Neste entardecer tão belo...
Entre todas as flores...
Existe uma rosa amarela...
Que vem ressurgindo...
Com a primavera...

Trazendo consigo...
Seu delicado perfume...
Assim como esperanças...
E oportunidades...
Para novas amizades...

A primavera é tão bela...
Porque traz com ela...
Todas as flores e aromas...
Revitalizando a inquietude...
De todos os corações...

As rosas colorem o amor...
As vermelhas exalam paixão...
As amarelas trazem magia e a sedução...
As brancas com sua brandura...
Trazem paz para os corações...

FLÔRZINHA disse...

O sorriso

Creio que foi o sorriso,
sorriso foi quem abriu a porta.
Era um sorriso com muita luz
lá dentro, apetecia
entrar nele, tirar a roupa, ficar
nu dentro daquele sorriso.
Correr, navegar, morrer naquele sorriso.



Eugénio de Andrade

zn disse...

Canção do Amor Sereno

Vem sem receio: eu te recebo
Como um dom dos deuses do deserto
Que decretaram minha trégua, e permitiram
Que o mel de teus olhos me invadisse.
Quero que o meu amor te faça livre,
Que meus dedos não te prendam
Mas contornem teu raro perfil
Como lábios tocam um anel sagrado.

Quero que o meu amor te seja enfeite

E conforto, porto de partida para a fundação

Do teu reino, em que a sombra

Seja abrigo e ilha.

Quero que o meu amor te seja leve

Como se dançasse numa praia uma menina.

Nesta Primavera ofereço-te uma rosa amarela.

CARLA RIBEIRO disse...

quatro estações #crónicas de primavera



Enfrento do fundo da minha covardia me ergo e enfrento

da convicção da minha teimosia arranco a determinação

e do orgulho a vontade de continuar

da vergonha o medo de desistir

e da incerteza a vontade de descobrir

da timidez faço a capacidade de desenrasque

e da falta de eloquência um silêncio inteligente

da tristeza os sorrisos

da solidão a alegria de viver cada momento

do fraco faço forte

e da fraqueza aparência de grande força

só pelo medo de sofrer, que é tão grande em mim.



Carla Ribeiro

QUIM disse...

Hoje é um dia especial!

Hoje é o primeiro dia da Primavera, mas é também hoje que, para a OMS se comemora o dia mundial do Sono, numa altura em que cada vez mais pessoas sofrem de distúrbios relaccionados com o sono.

Hoje é, segundo a ONU, dia mundial da árvore (ou Floresta) e o Dia internacional contra a discriminação racial.

Para a Unicef, este é o Dia Mundial da Infância e, segundo a Unesco, é no dia 21 de Março que se comemora o Dia Mundial da Poesia.

Hoje é um dia especial!