quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Compreensão versus Conhecimento

RecadosAnimados.com
RecadosAnimados.com

A escassas horas de atingir uma etapa de grande importância na minha vida pessoal (defesa da minha tese de mestrado) decidi presentear-vos com os ensinamentos que obtive durante quatro anos de intensa investigação.

Não vos vou falar de métodos de treino (temática da minha tese) nem de futebol (uma das minhas áreas profissionais e aquela que impulsionou toda a investigação), mas sim transferir as conclusões a que cheguei para a nossa vida diária.

O tema do conhecimento é algo que se transformou numa moda, numa tendência e mesmo numa vaga de pensamento sobre o mundo que nos circunda. Acredita-se que será o conhecimento, o grande motor de desenvolvimento da nossa sociedade rumo a um novo mundo.

Esta prevalência do conhecimento está bem patente nos nossos estilos de vida, tornando-se impossível gostar, amar ou odiar sem se ter um conhecimento profundo sobre a outra pessoa (pode-se fazer tudo isto sem se conhecer, todavia tudo não passará de um acto irresponsável). Torna-se de igual modo impossível opinar ou julgar sem se conhecer (também neste aspecto se poderá fazê-lo, mas mais uma vez de modo irresponsável).

Se o conhecimento bastasse como elemento único de busca ou validação da verdade tudo seria perfeito. Poderíamos afirmar com toda a certeza o tipo de comportamento de uma determinada pessoa só e apenas pelo facto de a conhecermos. Tantas e tantas vezes acabamos por ser surpreendidos com situações que não prevíamos e acabamos por dizer que afinal não tínhamos todo o conhecimento.

A questão central deste post é a seguinte: conhecer é diferente de compreender. Nós podemos conviver com uma pessoa durante anos, obtendo dela todo o conhecimento, e ao mesmo tempo acabamos por nunca a compreendê-la.

Compreender é perceber a complexidade da outra pessoa, perceber as suas conexões com o contexto de que faz parte, perceber as suas motivações e a sua cultura. No dia em que conseguirmos compreender aí sim estaremos bem perto da verdade e nesse momento poderemos afirmar com maior segurança: eu gosto, eu amo ou eu odeio.

Deixo-vos esta base de reflexão, esperando que possam encontrar nela validade para orientarem as vossas vidas.

Pedro Mendes (com revisão editorial da Paulita)

ZWANI.com - The place for myspace comments, glitters, graphics, backgrounds and codes
Graphics for Animated Comments

3 comentários:

QUIM disse...

PEDRO

Olá!

Agora que o Verão se foi... e com a chegada do Outono vamos ter a estação que provavelmente mais cor tem.
Desejo que a tua vida seja sempre uma Primavera de sonhos... que a mesma... tenha sempre a luminosidade do Verão, que seja pintalgada com as cores outonais. Que tenhas sempre nela... o aconchego do calor de uma lareira no Inverno.
Resumindo, tudo de bom para ti.
Um abraço.

nuno disse...

Miúda

Aqui estou depois do que falámos, a escrever algo que me sinto na obrigação de o fazer. Realmente nunca devemos falar de alguém sem conhecer esse alguém primeiro. Eu fiz isso e hoje estou aqui para dizer publicamente o quanto errei. FALEI SEM SABER, de alguém que não conheço e tu ontem fizeste-me ver com palavras sábias que jamais devo fazer juízos de valor e nunca mais o farei. Peço desculpa Pedro por me ter precipitado e se aceitares as minhas desculpas eu agirei de modo diferente. Para ti miúda um beijo e muito obrigda por me teres posto no lugar. Um beijo para ti e um abraço para o Pedro.

hugo disse...

Boa tarde simpatica amiga....
Escrevo para saber como tens passado e tambem para pedir desculpa se ainda nao houve grgande hipotese de falar no MSN, mas ainda estou a últimar a instalação do programa no meu pc ( como o meu pc é da empresa, nao é muito fácil instalar estes programas de conversa com amigos...). Desculpa pela demora.
Queria aproveitar tambem para ( se nao te importares ) fazer algumas perguntas para te conhecer um pouco melhor...
Importas-te? Espero que não... Se quiseres depois eu poderei responder tambem as mesmas perguntas ou a outras que queiras.
Então ca vai...
1) Qual foi ate hoje o dia mais feliz da tua vida?
2) Qual seria o sonho que gostavas de realizar?
3) Qual foi o local mais bonito que visitaste ate hoje?
4) Qual é a tua flor preferida?
5) e a comida preferida?
6) Se encontrasses um homem simpatico, meigo e carinhoso... preferias olhar para ele como uma grande paixão ou como um amigo sincero para toda a vida?
7) O que mais gostas em ti?
8) o que mais te atrai num Homem?
9) como descreverias a tua personalidade?
10) entre um abraço apertadinho e cheio carinho, um passeio na praia de mão dada, ou uma massagem carinhosa nos pézinhos... onde recaíria a tua escolha...?

.... prometo que nao faço mais perguntas...
Desculpa se fui muito chato com tanta pergunta...
mas gostava muito que respondesses.
Despeço-me com um beijo meigo de amizade.
Hugo.
ps... ( que nome achas mais bonito... Hugo ou Miguel...)