domingo, 6 de maio de 2007

SER MÃE


Este texto fez a minha mãe, para uma festa que eu tive no 1ºano de catequese. Ela subiu ao palco e á frente dos meus colegas, catequistas, do SR. Prior e de uma sala cheia de gente, leu ao microfone, aquilo que tinha escrito para a festa do dia da mãe. Foi assim...
SER MÃE:
Pediram-me para vos dizer, o que é ser mãe. Pensei e pensando no que é, a mais doce sensação da vida, concluí que:
Ser mãe foi, a alegria de sentir duas filhas mexer dentro de mim.
É ter a felicidade de as ver nascer e apertá-las em meus braços.
É ter para com elas os cuidados precisos, para as ajudar nos primeiros passos.
É vê-las crescer e fazer delas umas pessoas bondosas, justas, compreensivas e dispostas a fazer sacrifícios em favor dos outros.
É ter mais forças que o vento e ser a árvore que deu duas lindas flores!
É fazer coisas mágicas, como transformar farinha e ovos em bolos, linhas em camisolas e trabalho em dinheiro.
É conhecer o bem e o mal: dizer que partir pinhões é bem e que partir copos é mal...embora para elas tudo seja igual!
Tudo isto é ser mãe. As alegrias, as dores e a coragem de poder dizer bem alto:
" OBRIGADO, MEU DEUS, PELAS FILHAS QUE ME DESTES".

Hoje aqui no blog da mãe, deixei o testemunho que há muitos anos atrás ouvi da boca dela. Um grande beijinho á mãe da: ANA PATRÍCIA FERREIRA

8 comentários:

Paulita disse...

Filhota...
quando a tua catequista Isabel, me propôs o desafio de participar na tua festa, do dia da mãe, nem hesitei, nem olhei para trás, nem vacilei sequer. Aceitei o desafio e durante a semana seguinte, perdi muito tempo a pensar, no que iria fazer. Até que a ideia surgiu, na minha cabeça e vai de agarrar num papel, num lápis e deixar saír o que me ia, na alma. E como ficou bonito. No dia da festa, estavas nervosa por a mãe ir ao palco, falar ao microfone, para toda aquela gente. Escolheste a roupa da mãe, um vestido preto, os sapatos e viste-me chegar lá e dizer tudo aquilo. Correu tudo bem, a mãe não se enganou, fizemos o filme daquele momento e no fim foste-me dar uma rosa. Obrigada, por ver orgulho nos teus olhitos e pelo beijo que me deste. Amo-te muito filha. DEUS contemplou a mãe com duas verdadeiras riquezas, tu e a mana. Sou louca por vocês. Um beijo grande, com muito amor da MÃE.

Paulita disse...

Linda esta tua filha
lindo o que ela escreveu
e magnífica escolha de um texto que já tem muitos anos, né?
És uma mãe e pêras.....

VERA disse...

Olá querida amiga,
que linda esta dedicatória a das tuas filhas...são lindas as tuas filhas... Como estás tu? Espero k bem... Vai dando noticias...
Beijinhos***

isa disse...

Linda a tua filha e uma dedicatória muito bonita.
Parabéns as duas.

Bom fim de semana

Beijinhos

Isa

PEDRO disse...

Este sentimento também eu, entendo muito bem...
Um beijo para ti, PAULITA

manuel disse...

Para além de linda, a filhota tem sorte pois a mãe tem muita sensibilidade mesmo. Gostei muito deste post. Muito vezes esquecemo-nos de dizer aos nossos filhos como os admiramos e amamos. E nunca é demais.
Ela deve ter ficado feliz porque sabe que foi sentido.
Beijinho as duas,

ZECA disse...

Eu fiquei sensibilizado com tanto amor amiga PAULITA. Que Deus vos abençoe.

Um @bração do
Zeca da Nau

HELENA disse...

Linda a tua dedicatória, linda a tua filhota, linda a música que nos deixas e parabéns para ti por seres essa mãe assim, forte, cheia de emoções e sentir que

devem estar felizes as duas, uma pela outra

Beijinhos muitos para ti nina.

Lena