quarta-feira, 8 de outubro de 2008

SOMA E SEGUE


Olá meus amigos, hoje se aqui estou, é porque o meu dia teve novidades. Após um dia, ou melhor uma tarde, de mais uma decepção, pois a Catarina precisava de apoio, ajuda e companhia, para ir a mais uma entrevista de emprego, e eu na impossíbilidade de a acompanhar, pois tinha três crianças, ao meu cuidado e estou sem carro, sugeri á minha filha, que ligasse a alguém, que tem toda a obrigação e dever, de a ajudar, até porque hoje, era o seu dia de folga. Resultado, quem por obrigação, o devia ter feito, acabou por gerar uma enorme confusão por ter, tentado impôr á minha filha, a presença de uma pessoa, que ela detesta, e não gosta, nem aceita de modo nenhum. A minha filha tadinha, ainda foi acusada e culpada, por não aceitar a bondade imensa de "alguém pobrezinha" de quem não gosta e que lhe está a tirar o pouco, que ela ainda tinha. Mas vamos passar em frente, pois já é hábito, as minhas filhotas, ficarem penduradas, em prol de outros "interesses", no fim elas depois até dizem:...eu já sabia, nem sei porque fui ligar-lhe a pedir ajuda... Após isto e já arrependida da minha sugestão, liguei aos meus amados pais, e pedi-lhes ajuda. E graças a DEUS, que lá vem a minha pobre mãe, a pé, para me ficar com os meninos, pois a Catarina, não iria faltar á entrevista, (eu como mãe dela, e sendo ela prioridade e minha obrigação), teria de deixar tudo e todos para lhe valer. Deixei os meninos tratados, e entregues á minha mãe e aí vou eu com ela. A entrevista correu bem, e vamos aguardar resposta, que se DEUS quiser, vai ser positiva. Mas o melhor vem agora, ao regressar a casa, tratei dos meninos, e passado pouco tempo, quando os pais chegaram e depois de os pôr ao corrente daquilo, que se tinha passado, eles foram embora e eu para descomprimir um pouco, agarrei na Catarina e a pé devagar, fomos até ao centro comercial aqui perto, passámos no supermercado, jogámos no euromilhões, fomos visitar uma amiga minha, que trabalha nesse mesmo centro e quando me preparava, para voltarmos para casa, sou abordada por alguém, que me diz querer falar comigo. Acedi, e ali mesmo disse á senhora que estava á disposição dela, se a pudesse ajudar. E sabem o melhor?
Era uma mãe, a pedir-me se eu estava na disposição, de tomar conta do menino dela, duas horas por dia. Nem queria acreditar, naquilo que ouvia. Era bom demais. Mais uma vez estava a receber, o retorno, pelo que tinha feito e que afinal era a minha obrigação, mesmo sem estar de folga. Claro que vou ficar com o menino e de regresso a casa disse á Catarina:...sabes filha? Não há mal que sempre dure...e a minha filha disse-me, a rir:...Já sei mãe, nem bem que nunca se acabe. E ali naquela hora, rimos as duas, por algo que é a mais pura realidade. Assim sendo, SOMA E SEGUE. Somo mais uma criança, aos meus "piolhitos" e sigo em frente de cabeça erguida. VIVERE LA VITA........
Um beijo. PAULITA.

11 comentários:

genoveva disse...

Cuidado miga pois podes não conseguir arranjar tempo, para cuidares da tua saúde. Sabes bem, que tens rotinas no hospital e aos teus médicos e podes não conseguir conciliar tudo. Mas se te sentes bem, força com isso. Segue em frente. É bom ver-te animada. Um beijinho.

ISÁLIA disse...

Bom trabalho! Uns extras nunca fizeram mal a ninguém, e assim sempre estás mais ocupada, sem tempo para pensar nos problemas...é mais saudável, para a carteira e para mente. Sempre te disse que irias conseguir. Um beijo.

VASCO SOARES disse...

Por que as pessoas que te cercam, querem que tu dependas delas.
Quebrar vínculos, é a tua primeira missão, e o mais importante é tu iniciares o processo da tua autonomia. Ensinas-te sempre ás meninas que temos de ser nós a tratar dos nossos interesses. Vai em frente!

isabel disse...

Engraçado porque só agora é que se começa a notar em ti uma vontade louca de te tornares independente, de cortares amarras, seguires em frente e com uma visão concreta daquilo que queres e podes fazer com a tua vida. As coisas por vezes tornam-se dificeis mas a qualquer hora tudo se simplifica, acredita nisto. Deixo-te aqui um texto, em que te mostra o sabor de sermos livres e não depender de ninguém.
Ser independente é...

Escolher um caminho no qual todos acham que não é o melhor para ti - todos, excepto o teu coração. Usares uma roupa, que todos dizem ser "fatela" - mas que tu adoras e te sentes bem com ela. Poderes ligar o rádio, bem alto, sem ter receio que alguém venha reclamar - poderes dançar loucamente pela casa, sem que ninguém se ria de ti.
Comer o que bem entenderes (sem te descuidar da saúde), sem que alguém te diga "come mais frango!" - afinal, nada mais chato, do que ser obrigada a comer algo que não se gosta.
Poder dizer "eu amo-te" a quem quisermos, quando quisermos - sem nos importar-mos com os olhares espantados, de que está á volta.
Podermos fazer o que quisermos - mesmo sabendo que és tu e mais ninguém, quem vai arcar com as consequências.
Ser independente é mais do que ser responsável: é ser corajosa!


E coragem amiga é coisa que não te falta. Fica bem.

luisa mota disse...

PAULITA:

Criatividade, medo, confiança, insegurança, entusiasmo, evitamento, arrojo...

...tantas maneiras de encarar os desafios da vida. Algumas levam-nos mais longe, algumas bloqueiam-nos.

Acredita que a incerteza faz parte do caminho e que a sorte também se cria.

Dispõe-te a correr riscos e a tentar de novo se as coisas não correram bem.

Um xi-coração.

joão pedro santos disse...

Pediste para eu publicar e eu publiquei.

“As Coisas Mudam”
Escrito por João Pedro Santos em 31/03/2007 ás 12:26 pm
A - É da noite para o dia!
B - O que é que é da noite para o dia?
A - É da noite para o dia que isto muda tudo.
B - O que é que muda?
A - Tudo.
B - Tudo?
A - As coisas.
B - As coisas?
A - É incrível.
B - O quê?
A - Como as coisas mudam do dia para a noite.
B - Não era da noite para o dia?
A - Tanto faz. O que interessa é que elas mudam.
B - As coisas?
A - Sim.
B - Mas o que é que muda afinal?
A - Já te disse. Mudam as coisas.
B - Da noite para o dia?
A - Pois.
B - E tu, não mudas?
A - Eu?
B - Sim..
A - Eu não quero mudar.
B - Ai não?
A - Não. E se quisesse mudar, mudava da noite para o dia.
B - Porque é que não mudavas do dia para a noite?
A - Porque não gosto de ficar ás escuras.

JR disse...

AMIGA...Os anos passam e pensamos qual a razão de tudo isto, e por muito que procuremos achamos sempre razões para tristezas, mas essas são muitas vezes a forma de darmos valor a tanto que temos e nos passa despercebido... é humano.
A vida coloca-nos desafios muitas vezes incompreensiveis , mas no fim do dia crescemos com eles e quando os ultrapassamos com amor e sinceridade, a recompensa chega.
Nada mais importante do que passar por esta vida e poder sentir um (neste caso duas), ser que nos ama independentemente do que somos.

...tudo o que fizermos irá nos ser devolvido em troca, é uma realidade. E uma coisa é certa, estamos todos 'condenados' a ser felizes, nem que para isso tenhamos que cá vir várias vezes... evoluindo.

Força, pois és um ser extraordinario . Que todos tivessem a tua força para criar dois seres com tanto amor.

Continua.....e descansa.
Um beijo.

lovefish disse...

Paulita:

"Essência do Ser"
As páginas da Vida são cheias de surpresas. Há capítulos de alegria, mas também de tristeza, há mistérios e fantasias, sofrimento e decepções. Por isso não rasgues páginas, não te apresses a descobrir os mistérios, não percas a esperança, pois muitos são os finais felizes que vais encontrar ao longo da vida. E não te esqueças do principal: No Livro da Vida o autor és tu............ (Augusto Cury)

É como podes ver na tua vidinha, estás a ter um sucesso.
Um beijinho.

odnanref disse...

O meu PC

Se de noite me deito e
Agradecido, rezo em minha mente

Deus abençoe a humanidade
E proteja sempre a minha amiga
Que tanta alegria me traz
Deus, caso não se oponha, peço
Para abençoar também o meu PC

Sei que não é normal mas vos
Explico
O motivo do pedido
Sabem esta caixa metálica, não encerra
Apenas uma fonte de dados,
Porque em cada fonte está, esta amiga.
Que aprecio muito.

É verdade que eu nunca a vi
Nunca nos olhos nos olhamos
Ou um abraço me deu
Mas enfim eu sei do carinho, que
eu sinto por ela e ela sabe do meu.

Pelo afecto que trocamos,
Por este meu PC de metal, que eu
Chego até onde ela esta.
Portanto senhor Deus, reserve um minutinho.
A mais para abençoar este PC.

De lata cujo recheio é puro amor
Deus abençoe o meu PC e especialmente
A pessoa querida que encontrei a travez dele

Obrigado amiga pela tua amizade

kris disse...

Ola, bom dia

aceitei o seu convite, e vim espreitar o seu cantinho..muito acolhedor :))

um grande beijinho :)

F Nando disse...

A vida tem destas surpresas cabe a cada um de nós "querer" ou "ficar".
O "querer" é o SER CAPAZ!

FORÇA!